quinta-feira, 28 de janeiro de 2016

Crazy for You

Eu sempre quis ler esse mangá, desde que li sobre ele por acaso num blog de resenhas por aí. Mas nunca o encontrava completo. As meninas do Yazawa Mangás quase concluíram o projeto, mas se não fossem pelas meninas do MOW eu não teria a oportunidade de concluir esse mangá. É um daqueles shoujo super melodramático e por mais que às vezes eu odeie shoujo clichê, eu acabo tendo uma simpatia enorme por melodramas, como por exemplo, SproutSenpai to Kanojo e Bokura ga Ita, sobretudo, por estes dois últimos. Mas vamos ao que interessa, né?

Título: クレイジーフォーユー/ Crazy for You
Mangaká: Shiina Karuho
Gênero: Comédia, Drama, Romance, School Life, Shoujo
Outros Títulos: Kimi ni Todoke (2005); Mayuge no Kakudo 45º de (2013)
Publicação: Mangá - 6 volumes (2003)

Crazy for You, de Shiina Karuho (2003)

Sinopse: Takamura Sachi é uma garota muito alegre e despreocupada. No auge de seus 17 anos, o que ela mais deseja é arrumar um namorado. Tudo parece perfeito quando ela conhece Yukihiro Miyamoto, entretanto, Yuki não passa de um bad boy sem coração. Mas apesar de saber que Yuki não gosta dela, já é tarde demais, Sachi não consegue mais pensar em outra pessoa.

Se você se interessou em ler esse mangá por ser da Shiina Karuho, porque, oh, é da mesma autora de Kimi ni Todoke então deve ser ótimo!! Cuidado para não cair do cavalo. Se você leu KNT e se acostumou ao ritmo agradável e aos personagens cativantes, CFY pode não te cativar logo de cara. Os traços são meio grosseiros e mesmo eu curtindo o traço da Karuho, no início me senti um pouco incomodada (mas também não sei se era por causa da péssima raw que o mangá tinha no início dos capítulos, quem sabe isso não influenciou no meu julgamento.. vai saber). CFY foge de tudo que você conhece da Karuho-senpai. Sachi é uma menina inocente e alguns podem até dizer que ela insiste no erro. Depois de tudo que Yuki a fez passar e depois de Akahoshi tentar animá-la, ela ainda insiste em continuar gostando do Yuki. É óbvio que CFY não tem nada a ver com KNT e nem vou fazer comparações. Mas uma coisa que deve ser dita é que a Sachi é uma personagem que ainda não sei dizer o que achei dela.

O mangá tem seis volumes e apesar de não ser tão curto nem tão extenso, senti falta de um desdobramento maior em relação à Akemi. Outra personagem legal que passou um pouco batida foi a Ton-chan. Mas falando da história em si, pense num triângulo amoroso, é bem simples de imaginar, agora imagine um pentângulo amoroso. Exatamente isso que você leu. CFY é a história de Sachi que se apaixona por Yuki que é apaixonado pela Akemi que namora o Yuuhei mas que ainda é apaixonada pelo Yuki e o Akahoshi que surge do nada para se apaixonar pela Sachi e disputá-la com o Yuki. Não entendeu? Mas é assim mesmo. E até certo ponto, a história é um pouco confusa, muitas lacunas precisam ser preenchidas, mas aos poucos você vai entendendo tudo. E pode correr o risco de shippar errado (quem nunca - risos).

Pelo jeito que falei, parece até que não gostei do mangá, mas eu gostei. Mas ter gostado não exclui o fato de que algumas coisas me incomodaram e elas precisam ser ditas - risos. A primiera delas é, por que cargas d'água o Yuki insiste em namorar a Akemi? Pode ser spoiler, nem eu mesma sei... Enfim... antes de Yuki aparecer e antes de Akemi se reencontrar com ele, vale salientar que no passado, ela e Yuki eram namorados quando estudaram juntos na antiga escola.




Até aí, super de boa. Mas o namoro acaba e de uma forma não muito amistosa. Yuki vira o pegador, maior playboy metido a bad boy, que faz a linha pega-mas-não-se-apega, até que ele conhece a bobinha da Sachi e mesmo não querendo, algo dentro dele não quer magoar a Sachi e ele decide que ela, pelo menos ela, não merece passar por isso (oi?? então, as outras merecem??). Nesse meio caminho, Akemi se sente novamente balançada por Yuki e começa a ficar na maior dúvida: o Yuuhei é bom, é maravilhoso, vale a pena terminar e aceitar o Yuki de volta?

A partir daqui, podem conter spoilers, então é por sua conta e risco continuar a leitura. Manas, na boa, sei que dói, mas um conselho de tiazona meu, acabou o namoro com um traste e encontrou alguém mais legal, embora ainda goste do traste, seguinte, não volte pro traste porque quase certeza que ele continua o mesmo traste de antes. Alguém deveria ter aconselhado a Akemi sobre isso, mas é óbvio que não tem um personagem assim. E óbvio também que é para manter o drama. Outro conselho, manas, nunca perca uma amizade por causa de um cara: NUNCA VALE A PENA, pode apostar que não vale.

Mas prosseguindo... eu gostei muito de CFY, embora tenha ficado um pouco chateada com a Sachi em vários pontos. Não vou soltar spoilers, mas às vezes acaba sendo involuntário, então, vou falar só isso, *spoiler* A Sachi é uma boa menina, o problema é quando ela insiste em tentar provar para o Yuki que ele é uma boa pessoa. E essa tentativa lhe custa muito caro. O Akahoshi gosta dela, faz de um tudo por essa guria, mas ela ainda insiste que ama o Yuki e que não vai mais negar isso. Ok, concordo que é bom não negar o que sentimos de verdade, mas gente, sei lá... tem coisas que têm que ter limites, só acho. *fim do spoiler*. Apesar desse pentâgulo amoroso bastante peculiar, a história, para mim, não teve grandes desdobramentos muito menos um desfecho mirabolante. Mas foi boa.

CFY é uma história interessante, mas se você espera emoções fortes, não vai encontrar. Mas se você curte um bom melodrama, esse mangá é a escolha perfeita. Temos personagens bons, personagens de certa forma, medianamente, complexos, fortes e emblemáticos à sua maneira, mas que não soam forçados ou artificiais. Você consegue entender o porquê de a Sachi gostar tanto do Yuki e o porquê da Akemi tentar se resguardar. O Akahoshi foi um dos personagens que mais gostei, pena ele não aparecer tanto. Acredito que CFY daria um excelente live action, claro que com atuações dignas, vale salientar. Ou quem sabe até um dorama, afinal, quer uma história mais dramática do que essa? E qual a melhor justificativa para toda a narrativa acontecer? O amor. Pode ser algo até clichê, mas fez com que eu - apesar dos pesares - gostasse muito dessa história. Super recomendo a leitura e espero que vocês tenham gostado da postagem. Até a próxima e não deixem de comentar, adorarei saber quais foram as impressões de vocês sobre essa história... Kissu.



Mangá em português:
Scan: MOW; Yazawa Mangás
Ler online: Toshi wa Yume

Entenda porque os links foram removidos

0 comentários:

Postar um comentário

Yooooo, Minnaaaa.... arigatou pela leitura... Comentem caso vocês tenham gostado dessa postagem... Caso postem comentários que não tenham nada a ver com o conteúdo do blog ou comentários ofensivos, os mesmos serão excluídos. Kissu...

 

AniMangá House Template by Ipietoon Cute Blog Design