quinta-feira, 14 de abril de 2016

Good Morning Call

Comecei esse mangá depois de ler Heroine Shikkaku. Enfim, como disse antes, estou naquela fase de ler um mangá atrás do outro. Talvez nem seja muito saudável isso, mas por enquanto estou conseguindo me ocupar com coisas que eu gosto. Ah, esse ano foi lançado o dorama desse mangá, mas ainda não sei se algum fansub está legendando ou vai legendar esse dorama. Esperemos que sim.

Título: グッドモーニング・コール/ Kare to Kanojo ni Hanataba wo/ Good Morning Call
Mangaká: Takasuka Yue
Gênero: Comédia, Romance, School Life, Shoujo, Slice of Life
Publicação:
Mangá - 11 volumes (1997)
OVA - 1 episódio (2001)
J-Drama (2016)

Good Morning Call, da mangaká Takasuka Yue (1997-2002)

Sinopse: Yoshikawa Nao é uma menina de 15 anos que acaba morando sozinha por não querer se mudar com os pais para a fazenda do avô. Entusiasmada com o fato de poder morar sozinha, Nao mal consegue se conter de animação. Mas por ironia do destino, ao se mudar para o novo apartamento, descobre que seu colega de escola, Uehara Hisashi, também alugou o mesmo apartamento. E agora, o que eles farão para que ninguém descubra que moram na mesma casa?

Pretendo ser o máximo possível sucinta nessa resenha. Apesar de ser um mangá longo, a leitura é bem tranquila e a história não tem grandes reviravoltas. Para falar a verdade, meio que me senti trollada com esse mangá. Veja bem, acho que todo mundo aqui adora mangás em que a protagonista e o mocinho acabam de alguma maneira morando juntos na mesma casa. (E isso me lembra L♥DK), mas aí você lê Good Morning Call e percebe que é tudo meio morno.




Não estou dizendo que a história é ruim. Só achei meio morna mesmo no quesito romance. Mas acaba sendo muito divertido dar umas boas risadas com alguns personagens, principalmente o coitado do Abe, que além de levar milhões de foras, ainda sofre o pão que o diabo amassou nas mãos do Uehara ciumento. Gosto de mangás da década de 90 por causa do estilo das roupas dos personagens, sei lá, meio que tem uma magia diferente, algo bem interessante e legal.

Mas Good Morning Call não avança muito em quase nada. Eu gostava da leitura, não é um mangá maçante nem nada, mas também não tem grandes emoções. *Spoiler* - O Uehara se apaixona pela Nao, depois de superar sua paixão não correspondida pela cunhada. Mas a Nao mesmo assim continua tapada, meio mosca morta, meio aluada - *Fim do Spoiler*. Falando um pouco dos personagens, achei a Nao muito bobinha, lesada e o Uehara frio, distante e ocupado. Ocupado até demais. Me dava a sensação que a autora não tinha coisa melhor para escrever. Não quero fazer parecer que a história é ruim, porque não é.




Mas digamos que não tem muitos beijos, se fôssemos classificar a faixa etária do mangá, seria classificação livre, além disso, os personagens principais são muito lentos. *Spoiler* - Literalmente, nada acontece. É tudo muito parado, eles vão para a escola, o Uehara vive trabalhando e eles nunca conseguem fazer nada quando estão sozinhos. NADA MESMO! E isso acaba sendo muito sem graça e sem emoção - *Fim do Spoiler*.

O mangá ganhou uma adaptação para dorama que estreou esse ano. Ainda não vi nenhum episódio, até porque não achei online nem para download em lugar nenhum. Mas sabemos que poucos fansubs legendam j-dramas, o que é uma pena, enfim... No mais, recomendo a leitura apenas se você for daqueles que gostam de shoujo de todos os tipos. Mas sinceramente, achei essa história muito desenxabida.



Mangá em português:
Scans: Hwey; Mangá Dream; Toshi wa Yume
Ler online: Toshi wa Yume

J-Drama legendado em português:
Ver online: Netflix

8 comentários:

  1. Não li o mangá ainda, mas estou adorando o dorama na netflix. Acho que principalmente porque a protagonista não é lesada que nem a do Playful Kiss e o protagonista demonstra mais emoção mesmo que contrariado em se expor pra qualquer um.
    Enfim, to gostando bastante e recomendo assistirem, nem que sejam para conhecer.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Renata, eu gostaria muito que algum fansub legendasse, pq não tenho Netflix e pra mim fica muito difícil acompanhar por lá... seria tão bom se algum fansub fizesse isso... estou na torcida para que isso aconteça. E sim sim... o Uehara no mangá é meio frio e a Nao é super lesada, que bom que no dorama eles não são assim. Queria poder assisti =(

      Excluir
  2. Uehara contínua frio e a Nao mesmo pisada ama o Uehara.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, sim... Mas quis dizer no sentido de terem amenizado isso no dorama.

      Excluir
  3. Será que você tem o anime legendado em portugue?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Infelizmente, eu nao tenho. E nao eh bem um anime, eh um especial, tipo OVA. Mas eu nao encontrei onde tem.

      Excluir
  4. Eu amei. E vou ver de novo na netflix . Recomendo pra quem gosta desse gênero de anime . Itanazua na kiss tem em anime e vs vida real também .

    ResponderExcluir

Yooooo, Minnaaaa.... arigatou pela leitura... Comentem caso vocês tenham gostado dessa postagem... Caso postem comentários que não tenham nada a ver com o conteúdo do blog ou comentários ofensivos, os mesmos serão excluídos. Kissu...

 

AniMangá House Template by Ipietoon Cute Blog Design