domingo, 27 de agosto de 2017

Considerações #11 - Personal Taste (Segunda Impressão)

Yooo, minaa!! Quanto tempo! Mas ainda assim, nem deveria estar postando aqui, no entanto, mesmo com tantos trabalhos da universidade para fazer e mesmo com várias coisas do trabalho para dar conta, eu preferi escrever para vocês. Talvez seja algo que nem todo mundo vá curtir, mas acho que depois de cinco anos nessa vida de dorameira, o que não é muito, para dizer a verdade, eu descobri que não tenho mais paciência para histórias cheias de atropelo e enrolação.

Meu primeiro dorama foi Personal Taste e vocês podem conferir a resenha sobre ele bem aqui. Mas recentemente, tentei reassistir e descobri que não, eu não conseguia mais ter paciência para seguir em frente depois do episódio 12. Uma vez já comentei com vocês que eu tenho um carma com os episódios 12 de muitos doramas, eu chego a ficar até apreensiva, pois esse episódio costuma ser decisivo para que a história ou seja ou um desastre ou uma maravilha.



Mas voltando ao caso de Personal Taste, não achei problema algum na atuação do Lee Min Ho muito menos na atuação da So Ye Jin. Mas assistindo a uma segunda vez, alguns anos depois, percebi que eu não tenho muita paciência para histórias tão clichês ou cheias de enrolação. Isso não muda o fato de eu ter amado esse dorama da primeira vez a que assisti. Mas numa segunda assistida, as coisas foram bem diferentes, e se eu fosse assistir a Personal Taste pela primeira vez hoje, acho que eu desistiria no meio caminho, como fiz agora, após terminar de ver o episódio 12.

Novamente esse episódio 12. Um divisor de águas. 

Mas não estou falando isso para você não assistir ou não reassistir. Falo apenas da minha experiência como dorameira. Um dorama que eu amei logo de cara e que com certeza não poderia ser outro para ter me ingressado no mundo dos doramas, mas hoje eu não tenho saco para ver vilãs megeras e asquerosas como a In Hee (Wang Ji Hye), por exemplo. Muito menos, saco para ver tudo dar errado quando finalmente o casalzinho tinha se entendido e depois disso só voltar a ser feliz de novo no final do último episódio.




Acho que fiquei muito mal acostumada a dramas menos clichês. Estou preferindo histórias mais sóbrias, menos melodramáticas - com algumas poucas exceções, claro (por exemplo, Life Plan A and B). Mas isso não me faz odiar comédias românticas, eu só estou passando bem longe de comédias românticas que se tornam melodramáticas do meio pro final, como o que acontece com Lie to Me.

Então, gostaria muito que vocês me recomendassem doramas que fugissem um pouco do clichê. Não que tenha deixado de gostar de Personal Taste, mas quando penso em dramas como I Miss You, não quero ficar sofrendo de desidratação na frente do PC - risos. Personal Taste ainda tem um lugar totalmente especial no meu coração, mas eu não tenho mais entusiasmo para acompanhar histórias assim. Então, amores do meu coração, agradeço desde já as sugestões de vocês que podem ser de j-dramas, c-dramas, k-dramas, tw-dramas, lakorns... então, até a próxima!! Kissu...

0 comentários:

Postar um comentário

Yooooo, Minnaaaa.... arigatou pela leitura... Comentem caso vocês tenham gostado dessa postagem... Caso postem comentários que não tenham nada a ver com o conteúdo do blog ou comentários ofensivos, os mesmos serão excluídos. Kissu...

 

AniMangá House Template by Ipietoon Cute Blog Design